quinta-feira, 24 de março de 2011

Melancolia

Tem duas coisas que me deixam deprimida, uma é chuva e a outra é a música When You’re Gonne da Avril. No momento eu estou acompanhada das duas coisas, enquanto escuto a música, vejo a chuva cair la fora, o dia nublado e a letra que já me fez chorar quando muito longe daqui eu estava. Hoje, no entando, o dia foi tão bom que eu não estou sentindo aquela melancolia que sempre sinto quando acompanhada de uma das duas.
Quando eu estava nos Estados Unidos, as vezes colocava a música da Avril para tocar. Enquanto assistia ao clipe, me punha no lugar dos personagens ali mostrados, a mulher grávida que tem o marido na guerra do Iraque, a menina que havia sido proibida de ver o namorado, mas o que de fato me fazia chorar era o velhinho, na hora em que ele passava a mão pelas roupas da mulher dele, era a hora, eu já sabia, as lágrimas vinham e a choradeira começava. Estando longe de casa, depois de tanto tempo, com tantos problemas e poucas pessoas em quem confiar, ficamos muito mais sensíveis e de fato, aquela simples música, com uma letra bonita significa tanto naquele momento, demostra exatamente o que sentimos.
Hoje a minha situação é diferente. Estou em casa, tenho alguns amigos e me diverti muito na aula hoje mais cedo, cheguei a chorar, mas dessa vez foi de dar risada. Então vem a chuva e a música inesperadamente é selecionada pelo iTunes. Eu olho ao redor, como se estivesse tendo um Dejà Vu, mas então vejo que não, que não é a mesma coisa, que tudo mudou, que tudo está diferente e para melhor, muito melhor.
As pessoas me perguntam se eu sinto falta dos Estados Unidos e eu, geralmente, não sei o que responder. Sentir, sim ,sinto, mas é estranho, por mais que as coisas aqui sejam caras, que o frozen yogurt seja ruim e que as pessoas não param do lado direito da escada rolante eu ainda prefiro o Brasil. Não sei explicar, sei que no momento a melancolia não me atinge, ou pelo menos, não da mesma forma que atingia há algum tempo atrás. Bom sinal, espero que continue assim. 

2 comentários:

  1. Fico feliz pelas suas palavras, amiga! Sempre!!!
    Love you! Espero que SEJAMOS muito felizes, sempre!

    ResponderExcluir
  2. O frozen yogurt te traumatizou mesmo né?
    hausha
    Tu não sente falta das coisas de lá, do país em si, mas sim dos amigos que tu fez lá! E isso com certeza é o mais importante!
    To filósofa... é q acabei de ver o depo... haushuahsu
    Não sei fazer comentários pequenos. ¬¬

    Bjs

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget