quarta-feira, 13 de abril de 2011

Luciola

Engraçado é ouvir falar que o livro Lucíola é considerado difícil para uns. Que me perdõem os que têm dificuldade com este tipo de leitura, mas demorei menos de dois dias para terminar a obra de José de Alencar. É uma história simpática que fala da vida de Lúcia, uma menina que, por força maior, se tornou prostituta, mas sonha com a vida normal de uma menina normal de 19 anos. É bonitinho o jeito com que as coisas vão acontecendo durante a narração de Paulo, homem que se apaixona pela moça e a ajuda a realizar seus sonhos.  Lendo a obra, lembrei-me da novela Laços de Família, de Manoel Carlos, onde a personagem Capitú tem a mesma vida de Lúcia, e, assim como no livro, também tem o seu Paulo – nomeado de Fred pelo autor da novela – que a ajuda a sair desta vida. História bonitinha, as vezes os diálogos irritam o leitor impaciente, e de fácil leitura. Descobri que a obra foi filmada pla primeira vez em 1916 e depois em 1975, vai ser difícil, eu sei, mas procurarei eles a fim de assisti-los, deve ser bem interessante, mas acredito que não mais do que o filme do livro Memórias Póstumas de Brás Cubas. Obrigada UFRGS por manter estes livros na lista de leitura obrigatória. Agora leio O Uraguai, considerado, não só pelos não-leitores, mas pelos críticos também, um dos livros mais chatinhos da lista de 2012, veremos. 

Um comentário:

  1. eu amo ler livros, o livro que eu estou lendo agora é dom casmurro, estiu na parte em que bentinho está no seminário, mas ao mesmo tempo estou com vontade de ler luciola eu comprei uma porção de livros e to com vontade de ler todos ao mesmo tempo de tanto que eu gosto, adorei ter lido um pequeno resumo da obra é bom que passa logo a minha vontade de ler este, e terminar o que eu estou lendo, valeu Paula.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget