domingo, 12 de junho de 2011

Quem tem medo do escuro?






Nessa noite algo de estranho aconteceu. Acordei no meio da madrugada, após um sonho meio louco e não dormi mais, me sentia mal, estranho mesmo. Então, assim como fazia há mais de 10 anos atrás, rumei para a cama da mamãe. Ela nem acreditou que eu estava fazendo aquilo, levando comigo, inclusive, o meu “selinho”, companheiro de vida. Acho que todos temos as nossas recaídas de vez em quando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget