terça-feira, 19 de julho de 2011

Diga-me como espirras e eu te direi quem és

Você já parou para pensar o quanto o seu espirro pode falar da pessoa que você é? Pois eu já, pois até a minha mãe concorda de que as viagens de trem têm me dado bastante tempo para filosofar. Mas pense bem: há pessoas que espirram baixinho, normalmente são mulheres e das pequenininhas, já os homens grandalhões espirram forte e no mínimo duas vezes numa sequência, as meninas mais, digamos que frescas, fazem um barulho estranho, parece o miado de um gato ao pisarmos no rabo do coitado, mas não tão agudo, claro.

Pois eu andei reparando. Pessoas com personalidade mais forte, aquelas que não conseguiriam esconder o seu verdadeiro eu por muito tempo, espirram um pouco mais alto, assim também não conseguem escondê-lo, são pessoas que falam mais o que pensam. As que espirram fininho e agudo (a do miado de gato, também comparado com o latido de um cachorro pincher) são pessoas que se preocupam mais com a aparência, pode reparar, são mulheres normalmente bem arrumadas, maquiadas e com o cabelo no lugar, há também os homens que espirram e até os vidros da casa estremessem podem ser considerados o contrário das miado-de-gato. Gosto muito dos que espirram baixinho, queria eu poder me incluir neste grupo, vejo-os como pessoas sofisticadas, ou talvez envergonhadas.
O que dizer das pessoas que espirram “normal”? Não sei, talvez elas sejam pura e simplesmente normais, ou talvez elas saibam controlar o eu delas, pessoas neutras? Daí teríamos que fazer uma análise mais profunda. A minha foi feita, a principio, com base nas pessoas aqui de casa, passando assim para as miado-de-gato na minha aula e em seguida ao povo do trem, ali sim foi onde tirei minhas últimas conclusões, pois vemos pessoas de todos os tipos. Lembre-se: Eu não conheço as pessoas de quem estou falando, ou a maioria delas, pode-se dizer que isso é uma ideia preconceituosa da minha parte, mas não chega a ser um mau pré conceito, é só a ideia que elas me passam ao espirrarem, não posso evitar. 

O que o seu espirro fala de você mesmo? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget